Grávida baleada dá à luz e está na UTI em estado grave, como o bebê

Redação


Uma mulher de 32 anos, grávida de 7 meses, foi baleada na cabeça na noite da última terça, no bairro Novo Mundo, e teve que fazer um parto de emergência no Hospital do Trabalhador, em Curitiba.

Até a noite de ontem, tanto a mãe como o bebê estavam vivos, mas internados em estado grave. Segundo a DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa), o caso não aparenta ser um assalto, e sim uma tentativa de homicídio planejada.

Marcela Ribeiro dos Santos foi baleada por volta de 19h30 na Rua Baldur Magnus Grubba, no Novo Mundo. Foi um único disparo na testa, segundo a polícia.

Marcela foi socorrida em estado gravíssimo e o BO (Boletim de Ocorrência) chegou a registrar que ela teria morrido, mas o parto foi bem sucedido e a mãe também sobreviveu. A DHPP investiga a autoria do crime.

Conforme relatado por testemunhas ao Programa 190, o principal suspeito do atentado é um homem conhecido como “Zóio”. Ele seria responsável pelo assassinato de um irmão da Marcela e, segundo a família, havia prometido voltar para matar a mulher. O suspeito é ex-presidiário e deixou a cadeia há cerca de uma semana.

[insertmedia id=”J0IhhZlvS9U”]

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="438432" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]