Homem é preso por matar amigo com golpes de foice

Mariana Ohde


A Polícia Civil de Antonina prendeu, em Curitiba, um homem suspeito de matar um amigo com golpes de foice. O crime aconteceu no dia 6 de julho, em Guaraqueçaba, no litoral do Paraná.

Segundo as investigações, o homem, de 47 anos, morava em uma fazenda abandonada na região rural junto com a vítima, identificada como Almir Perpetuo Bernardes Gunha. No dia do crime, os dois ingeriram bebidas alcoólicas e acabaram discutindo por motivos banais. Irritado, o suspeito teria pegado uma foice e atingido a vítima com dois golpes no pescoço. Após o assassinato, ele levou o corpo do amigo até um buraco e ateou fogo, com óleo diesel.

Aos familiares, o suspeito disse que Gunha tinha ido embora para nunca mais voltar e chegou a afirmar que a vítima havia comprado uma passagem só de ida para um destino que ele não sabia informar. Os familiares registraram o Boletim de Ocorrência (BO) relativo ao desaparecimento de Gunha no dia seguinte.

Ao ser ouvido pelos policiais, o suspeito entrou em contradição diversas vezes. O homem confessou o crime ao ser levado para a delegacia e deu detalhes sobre a ação, afirmando que, no dia do crime, ele e a vítima já tinham discutido várias vezes por motivos fúteis.

O suspeito foi preso preventivamente por homicídio qualificado e foi encaminhado ao Setor de Carceragem Temporária de Antonina, onde aguarda, à disposição da Justiça. Ele estava em Curitiba, na casa de parentes, no momento da prisão e foi detido pela equipe do 8º Distrito Policial (DP) da capital.

 

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="376286" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]