Homem que tentou matar ex-mulher e sogra com taco de beisebol é condenado

Fernando Garcel


Com informações do MPPR

O Tribunal do Júri de Maringá, no Norte-Central paranaense, condenou o homem acusado de ameaçar e tentar matar a ex-companheira e a mãe dela, usando um taco de baseball, a mais de 13 anos de prisão. O crime ocorreu em julho de 2016 na Vila Santo Antônio, em Maringá.

Na decisão do corpo de jurados, o réu foi considerado culpado pela prática de tentativa de homicídio qualificado por motivo cruel, recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio, com relação à ex-companheira, bem como por tentativa de homicídio qualificado por motivo cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima com relação à sogra, além de uma ameaça proferida no dia do crime, quando o acusado afirmou categoricamente que mataria a ex-companheira.

A denúncia foi oferecida pela 19ª Promotoria de Justiça de Maringá, tendo atuado no júri o promotor titular da 22ª Promotoria de Justiça da comarca, ambas especializadas em violência doméstica contra a mulher. A pena deverá ser cumprida inicialmente em regime fechado.

O acusado está preso preventivamente desde a época do crime e teve negado o direito de recorrer em liberdade.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="443100" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]