Sem categoria
Compartilhar

Homem simula sequestro para pedir resgate à própria família

Com CBN CuritibaUm homem de 26 anos confessou ter simulado o próprio sequestro para cobrar R$ 20 mil de resgate da própr..

Mariana Ohde - 28 de janeiro de 2017, 16:17

Com CBN Curitiba

Um homem de 26 anos confessou ter simulado o próprio sequestro para cobrar R$ 20 mil de resgate da própria família. O caso aconteceu na Região Metropolitana de Curitiba e foi desvendado pelo grupo Tigre, após a Polícia Civil ter sido procurada por parentes do rapaz.

O grupo de elite, especializado em casos de extorsão mediante sequestro, foi acionado e começou a investigar o desaparecimento na última quinta-feira (26). Conforme a Polícia Civil, os familiares do homem relataram que passaram a receber, via WhatsApp, diversas mensagens, imagens e áudios que davam a entender que o rapaz teria sido sequestrado e que o valor deveria ser pago para que ele fosse libertado.

Nas fotos, o homem aparece amordaçado e amarrado a uma cadeira. Nas mensagens enviadas, os supostos sequestradores ainda diziam que uma criança da família também seria levada, caso não recebessem o dinheiro exigido.

No dia seguinte (27), entretanto, os parentes receberam novas mensagens nas quais os “sequestradores” afirmavam que a vítima tinha sido liberada, mas que seria mais uma vez capturada e morta se o valor do resgate não fosse repassado até a próxima terça-feira (31).

O rapaz foi encontrado às margens da BR-116, perto de Quatro Barras, na região metropolitana, local onde teria sido deixado pelos criminosos, segundo o relato que fez aos policiais, mas a versão acabou desmentida.

Informações colhidas pelos investigadores do Grupo Tigre apontaram uma série de contradições no depoimento do homem. Confrontado, o rapaz confessou a a simulação, alegando que passava por dificuldades financeiras e que também estava com problemas psicológicos.

Segundo a polícia, ele deve responder pelo crime de Comunicação Falsa de Crime, sujeito a uma pena de seis meses de detenção.