Janot quer Paulo Bernardo de volta à cadeia

Redação


O procurador-geral da República e comandante geral da Operação Lava Jato, Rodrigo Janot, quer o ex-ministro Paulo Bernardo de volta à cadeia. Ele recorreu ao Supremo Tribunal Federal contra a decisão do ministro Dias Toffoli de mandar soltar Bernardo, preso em junho na Operação Custo Brasil que investiga propinas de R$ 100 milhões no âmbito do funcionalismo público federal.

Caso a decisão de Toffoli não seja reconsiderada, o STF deve reformar a decisão para manter a prisão do ex-ministro, disse Janot, afirmando que a decisão de Toffoli “violou o devido processo legal, por ter indevidamente antecipado a liminar do habeas corpus contra o ato da Justiça de 1.º grau, relembrando um caso recente do próprio ministro, similar ao de Paulo Bernardo, e para o qual não foi concedida a liberdade”.

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="487301" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]