Sem categoria
Compartilhar

Jovem atacada com seringa passa por exame no IML de Curitiba

Com CBN CuritibaA jovem curitibana que foi atacada com uma seringa de sangue em Curitiba neste domingo (18) realizou exa..

Mariana Ohde - 21 de dezembro de 2016, 11:25

Com CBN Curitiba

A jovem curitibana que foi atacada com uma seringa de sangue em Curitiba neste domingo (18) realizou exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) nesta quarta-feira (21).

Jhenifer Inacio, de 18 anos, foi atacada ao descer do ônibus na estação da Praça Eufrásio Corrêa e registrou o Boletim de Ocorrência logo após o ataque. A jovem conta que tudo aconteceu rápido e o agressor conseguiu fugir. "Senti a dor, quando olhei para o lado, ele estava correndo", conta, dizendo que viu o vestido ensanguentado em seguida.

Jhenifer conseguiu guardar algumas características do homem que a atacou – ele é magro, moreno e usava camiseta rosa e boné no dia do crime, segundo ela. Quando percebeu o que tinha acontecido, a jovem relata que ficou desesperada. "Eu já imaginava , tanto que gritei 'por que você me furou?'", lembra.

Jhenifer ficou internada por uma noite no Hospital do Trabalhador e recebeu um coquetel de medicamentos preventivos. A jovem ainda não voltou ao trabalho, está de atestado médico. "A ficha ainda não caiu. Até evito ficar falando. É horrível, nunca senti uma coisa tão ruim assim", desabafa.

O caso é investigado pelo 2º Distrito Policial de Curitiba, que aguarda o o resultado da perícia no vestido da menina pra saber o que foi injetado na vítima. A unidade já solicitou imagens de câmeras de segurança da Urbs pra tentar identificar o homem. Na sequência, será elaborado um retrato falado do suspeito.