Líder comunitária de bairro carente de Curitiba é morta a tiros

Mirian Villa

Líder comunitária de bairro carente de Curitiba é morta a tiros

A líder comunitária Fabíola do Rocio Rebouças foi morta a tiros na tarde desta quarta-feira (28), no bairro Caximba, em Curitiba. Ela preparava alimentos para doação quando um homem invadiu o local e disparou contra ela.

“Conversamos com algumas pessoas que me falaram que foi um indivíduo de moto, mas estava todo encapuzado e não deu para reconhecer. Ele chegou, pediu para ela se ajoelhar e em seguida efetuou cinco disparos que atingiram a cabeça dela”, contou Nei Bonfim, investigador DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa).

Uma das linhas de investigação da polícia é uma disputa envolvendo um terreno no bairro em que Fabíola, de 42 anos, atuava. Até a publicação da reportagem, ninguém tinha sido preso, porém, os investigadores tinham características físicas do atirador.

No início do ano, ela havia recebido um troféu da ACP (Associação Comercial do Paraná) pelo trabalho voluntário que realizava na comunidade carente. O sepultamento da líder comunitária está marcado para às 15h de hoje, em Curitiba.

Líder comunitária de bairro carente de Curitiba é morta a tiros
Líder comunitária de bairro carente de Curitiba é morta a tiros (Reprodução/Band TV Curitiba)

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="760749" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]