Livro conta as semelhanças entre as operações Lava Jato, no Brasil, e Mãos Limpas, na Itália

Guilherme Grandi


O procurador do Ministério Público do Paraná, Rodrigo Chemim, faz uma análise comparativa das duas grandes investigações de crimes do colarinho-branco na Itália e no Brasil. As semelhanças revelam-se em tudo: em como as investigações tiveram início e se desenrolaram, na forma de agir dos corruptos, nas fontes preferenciais de desvio de verba, nos métodos de lavagem do dinheiro e até nas atitudes antes e depois da comprovação dos fatos. Ver o que aconteceu na Itália da Mãos Limpas nos anos 1990 indica o que pode ocorrer no Brasil da Lava Jato hoje.

Chemim, que também é doutor em Direito de Estado, atuou por mais de quinze anos na investigação de crimes do colarinho-branco.

Serviço:
Lançamento do livro “Mãos Limpas e a Lava Jato – a corrupção se olha no espelho”
Terça (18), às 19h, na Livrarias Curitiba do ParkShopping Barigui
Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 600, Mossunguê
Entrada gratuita (no entanto, será limitada a 500 pessoas)

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="5422" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]