Luccas Abagge é um dos detentos que fugiram da PCE

Fernando Garcel


Luccas Abagge, de 25 anos, é um dos cinco detentos que fugiram na madrugada desta segunda-feira (27) da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba.

Ele estava preso desde novembro do ano passadoSegundo a policia, ele seria o autor dos tiros que causaram a morte do adolescente Matheus de Godoy Bueno, de 16 anos, na Praça da Espanha em Curitiba. Antes, o homem foi preso suspeito de participar do sequestro relâmpago de um jovem, também na capital, mas fugiu do 9º Distrito Policial.

Luccas é filho de Beatriz Abagge, condenada a 21 anos de prisão pela morte do menino Evandro Ramos Caetano, em Guaratuba, no Litoral do Paraná. Caso ocorrido em 1992 em um suposto ritual de magia negra, que ficou conhecido em todo o Brasil como “o crime das bruxas de Guaratuba”. Neste mês, a Justiça concedeu perdão da pena à Beatriz.

> Justiça concede ‘perdão da pena’ a Beatriz Abagge

O grupo ganhou acesso às ruas depois de abrir um buraco na parede da cela, caminhar pela tubulação hidráulica e chegar ao muro do presídio. Segundo o Depen, os detentos fugiram usando uma corda artesanal. A polícia continua fazendo buscas na região. Entre os foragidos estão Adair José Fogaça de Paula, Danilo Mussato, Fernando de Oliveira e Alex Sandro Fonseca da Silva.

Previous ArticleNext Article