Mais de 500 aves são apreendidas em rinha de galo no Paraná

Narley Resende


A Polícia Ambiental de Londrina descobriu uma rinha de galo em um sítio de Arapongas. Quarenta pessoas foram presas, mais de 500 animais foram recolhidos e doados para instituições de pesquisas. Duas armas e R$ 15 mil em apostas foram apreendidos. As investigações duraram dois meses desde que a polícia descobriu o local após receber denúncias.

Os detidos podem responder por maus tratos a animais. No barracão do sítio também havia gaiolas, anestésicos e anabolizantes que eram dados aos galos.

Segundo a Polícia Ambiental, a rinha já vinha acontecendo há alguns meses em um sítio que foi adaptado para a prática. As brigas de galo atraíam pessoas da região norte do Paraná, São Paulo e Minas Gerais.

Previous ArticleNext Article