Maringá registra primeiro homicídio do ano

Mariana Ohde


Um homem de 41 anos foi morto a facadas durante uma suposta discussão familiar na tarde de sábado (4), por volta das 15h30, na Vila Morangueira, em Maringá. O autor do crime seria tio da vítima. Esse foi o primeiro homicídio do ano registrado na cidade após uma trégua de quase dois meses.

De acordo com a polícia, Junior César Moraes, 41 anos, foi ferido a facadas nas costas, tórax e braços. O crime aconteceu na Rua Managuá, onde a vítima morava. Testemunhas disseram que Moraes e o agressor conversavam no quintal da residência quando iniciaram a discussão que culminou na morte do homem.

Quando os policiais chegaram ao endereço, a vítima já estava morta. O autor das facadas fugiu e não havia sido localizado até a tarde de ontem. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios.

Região metropolitana

Também no sábado, a polícia encontrou o corpo do taxista Clayton de Almeida Souza, de 34 anos, na Estrada Maraipu, na zona rural de Sarandi. Ele foi morto com tiros na cabeça e no tórax. Os policiais chegaram até o corpo após receberem a ligação de uma pessoa que passava pelo local e ouviu gritos e tiros. O carro usado por Souza foi encontrado incendiado à tarde. Em Paiçandu, a polícia procura os autores da agressão contra dois homens.

Um deles, de 53 anos, morreu e o outro, de 61 anos, ficou ferido. Os dois foram agredidos com uma barra de ferro, no final da tarde de sexta-feira (3), no sítio em que moravam na zona rural.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal