Morretes luta para tirar caminhões do centro

Redação


corone“Morretes precisa acordar para melhorar. Não podemos deixar o que está ruim piorar e não devemos permitir que nosso município seja administrado por terceiros, nomeados por quem não tem noção da gestão pública”. A afirmação foi feita pelo candidato a prefeito pelo PSD, empresário Ariel Conforto, na presença de empresários do setor turístico de Morretes, empresários locais e agricultores onde, o que era apenas para se tratar de uma apresentação de um plano de ações de trabalho, acabou se transformando em debate sobre o que é melhor para a cidade e seus habitantes.

Ao lançar oficialmente o nome de Ariel Conforto para a Prefeitura de Morretes, o presidente do PSD do Paraná, ex-deputado federal, Eduardo Sciarra, garantiu que o partido dará total apoio, com infraestrutura, projetos e plano de ação para transformar a cidade em exemplo para o País. O suplente de senador, empresário Joel Malucelli, foi mais emotivo e disse que “é vergonhoso ver a cidade, quebrada, esburacada e com dezenas de caminhões passando pelo seu centro impondo risco às pessoas. Morretes não merece isso”.

Para o presidente do PSD de Morretes, Coronel Sérgio Malucelli, é hora do empresariado se unir para defender a cidade e seus habitantes. “Não podemos entregar nossa cidade nas mãos de pessoas que não tem noção de administração. Precisamos pensar muito nisso para não nos arrependermos daqui há seis ou sete meses, pois aí não tem volta”.

Malucelli trouxe para o debate, o diretor-técnico do DER do Paraná, Amauri Cavalcanti, e o coordenador de Projetos do órgão, Glauco Lobo, para apresentarem alguma solução ao sistema de transporte de cargas que passa dentro da cidade e que, dias atrás, por pouco um caminhão não comete uma tragédia, matando alunos do Colégio Rocha Pombo. Cavalcanti disse que o BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento – tem interesse em financiar o projeto da nova rodovia que ligará o Porto de Antonina à BR-277.

Como essa obra deverá durar entre quatro a cinco anos, os empresários pediram uma solução mais rápida ao problema, inclusive, a possibilidade de um contorno para o desvio do tráfego pesado do centro da cidade que já fez 23 óbitos, como afirmou o advogado e empresário, Rui Scucato. O presidente do Rotary, Leonardo Mendes também manifestou posição em relação à obra e disse que Morretes não merece este descaso dos governos.

No encerramento do encontro, onde foram manifestadas preocupações com a área da saúde e do próprio turismo, o presidente do Convention Bureau de Turismo de Morretes, professor Miranda, disse que as reuniões com os candidatos fazem parte da preocupação dos empresários do setor em relação ao turismo. Até o momento todos foram ouvidos e, “na minha opinião, Ariel Conforto tem o perfil e a vontade política para gerir os destinos da nossa cidade”.

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="487267" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]