Movimento Pró-Paraná se manifesta pela harmonia nacional

Pedro Ribeiro


A Semana da Pátria evoca os sentimentos de liberdade e a recordação do sacrifício para que em nosso País prevaleça a democracia.   Sabemos que  não há outro regime melhor que o democrático e essa é  razão que nos orienta para a sua plena manutenção.  É a democracia que permite  viver o presente e antever o futuro da Nação. A ela  está intimamente vinculada  a liberdade, a garantia dos direitos fundamentais expressos na Constituição Federal. 

 O Movimento Pró Paraná conclama ao respeito à nossa Carta Magna, que prega a separação e a harmonia entre os poderes,  para que possamos ter progresso com paz, avanços com respeito à lei e   uma convivência solidária,  para o bem de todos.

O futuro de nossos filhos e netos depende de  ações e omissões , sob a responsabilidade das gerações que vivem o presente.

O Brasil é um país que tem todas as condições para emergir definitivamente no cenário mundial.  A sua construção passa por resolver as desigualdades, ter estabilidade e segurança, em todos os sentidos, respeitando os direitos e garantias individuais do  cidadão. 

Nesse espírito , na antevéspera do Bicentenário da Independência do Brasil ,   ponderamos pelo equilíbrio nas relações entre as correntes em que se expressa a cidadania. A harmonia entre dirigentes de instituições públicas, mais que um mandamento constitucional, é um imperativo do bom senso para a paz social

A tolerância e o respeito entre  ideias divergentes, pelo livre pensamento,  a fé na ciência,  a prudência nas relações pessoais e a persistência no combate à pandemia que nos aflige,   determinará o sucesso ou o fracasso  deste País.  Nosso caminho deve ser o do crescimento sustentável, com geração de emprego e aumento de renda, fundamentais ao desenvolvimento firme e definitivo,

A nossa maior força reside na união de todos, na harmonia institucional  e na convivência pacífica e honesta, para que nossa luz mantenha-se acesa no cenário internacional. Desejamos que a data cívica não seja capturada por correntes ideológicas de qualquer natureza.

Nos solidarizamos com os dirigentes do Paraná, que já se  expressaram  pela comemoração da  Independência sempre em um cenário de paz e compreensão entre os homens,  característica  inata dos brasileiros. 

Marcos Domakoski, presidente do Pró-Paraná

José Lucio Glomb, coordenador do Conselho Superior

Zaki Akel, coordenador do Conselho Deliberativo

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="788149" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]