Sem categoria
Compartilhar

Mulher que foi morta baleada por policial é sepultada

Com Metro Jornal CuritibaA copeira Rosária Miranda da Silva, de 44 anos, foi sepultada ontem em Itaperuçu, na região met..

Julie Gelenski - 03 de janeiro de 2017, 08:47

Com Metro Jornal Curitiba

A copeira Rosária Miranda da Silva, de 44 anos, foi sepultada ontem em Itaperuçu, na região metropolitana de Curitiba, dez dias após ser baleada por uma policial civil no Centro Cívico, na capital.

Rosária foi socorrida com vida após levar um tiro supostamente acidental da investigadora, mas não resistiu e morreu na UTI do Hospital Cajuru no último domingo.

Em depoimento, a policial disse que se incomodou com o barulho de uma festa, mas que não pretendia acertar ninguém e a bala teria ricocheteado.

No dia da morte, a Justiça negou o pedido de prisão da investigadora feito pela Polícia Civil. Para a juíza Ana Carolina Bartalamei Ramos, como ela se apresentou e confessou o crime, não haveria motivos para a detenção.

Os parentes da copeira protestaram. “A gente espera Justiça, né? Porque ela destruiu duas famílias”, disse Lais Fernanda, irmã de Rosária, à rádio Bandnews FM.