Audiência do caso Muggiati movimenta Juizado da Violência Doméstica

Jordana Martinez


O médico Raphael Suss Marques, acusado de matar a fisiculturista Renata Muggiati, presta depoimento em audiência no Juizado da Violência Doméstica, em Curitiba, na tarde desta sexta-feira (19). É a primeira vez que o réu e as testemunhas prestam depoimento em juízo.

Ele entrou pelos fundos, enquanto repórteres de várias emissoras aguardavam a chegada das testemunhas de defesa e de acusação na entrada principal.

O advogado da fisiculturista, Cláudio Dalledone, promete apresentar o depoimento de uma ex- namorada do médico que também diz ter sido vítima das agressões. A audiência deve durar mais de quatro horas: “O caso envolve uma relação tumultuada, com vários protagonistas, tem muitas coisas que devem ser apuradas nesta audiência”, avaliou.

CapturarDepois das audiências, a Justiça define se Raphael Suss vai a júri popular.

Renata morreu na noite de 12 de setembro de 2015. A suspeita é de que ela tenha sido asfixiada e atirada da janela do 31º andar pelo namorado. Fotos e mensagens enviadas por celular, que constam no processo, reforçam a tese de que ela era vítima constante de agressões. Raphael Suss Marques foi preso em setembro e, depois, novamente em janeiro. Acabou solto após seis dias, por meio de um habeas corpus. Ele nega o crime e alega que Renata se suicidou. O processo corre em segredo de Justiça.

Previous ArticleNext Article
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.
[post_explorer post_id="380030" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]