Sem categoria
Compartilhar

O discurso da Atriz Meryl Streep que irritou Trump

Por Julie GelenskiO protesto da atriz Meryl Streep contra o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, durante ..

Caderno Gente - 10 de janeiro de 2017, 13:20

Divulgação Facebook
Divulgação Facebook

Por Julie Gelenski

O protesto da atriz Meryl Streep contra o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, durante a cerimônia de entrega do Globo de Ouro, ganhou o mundo todo e foi o assunto da internet desde domingo (8).

A atriz recebeu a premiação honorária Cecil B. DeMille, da  Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, que é dado para pessoas que fizeram grandes contribuições para o mundo do entretenimento.

Ao aceitar o prêmio, a atriz criticou Trump, mas sem mencionar seu nome, afirmando que, em 2015, ele teria zombado de Serge Kovaleski, um jornalista deficiente do jornal The New York Times.

“Quando os poderosos usam sua posição para intimidar os outros, todos perdemos.” disse a atriz Meryl Streep.

O jornalista Kovaleski sofre de uma doença crônica que afeta suas articulações chamada artrogripose.

Em um comício na Carolina do Sul em novembro de 2015, Trump disse sobre o jornalista: "Você tem que ver esse cara." Em seguida, fez gestos e imitou a voz do jornalista, agitando os braços de forma desordenada.

A atriz disse em seu discurso que que a imitação havia partido seu coração e que não conseguia tirá-la da cabeça. E finalizou “Quando os poderosos usam sua posição para intimidar os outros, todos perdemos.”

E claro que o político americano, que assumirá o cargo de presidente no próximo dia 20, respondeu. Ele minimizou o discurso de Meryl Streep e afirmou via redes sociais que ela era uma atriz "supervalorizada".

“Meryl Streep, uma das atrizes mais supervalorizadas em Hollywood, não me conhece, mas me atacou ontem à noite no Globo de Ouro. Ela é uma lacaia de Hillary que perdeu mal”, escreveu Trump em uma rede social.

Ele também afirmou que nunca zombou do jornalista com deficiência, e sim apenas mostrou que Kovaleski alterou uma reportagem antiga para prejudicá-lo.

A atriz também defendeu a presença dos imigrantes no país e em Hollywood e na indústria cinematográfica, em referência ao discurso do republicano contrário a imigrantes.

“Hollywood está cheia de estrangeiros. Se expulsarmos todos eles vocês não terão nada para assistir, exceto por futebol e artes marciais mistas”, disse a atriz.

Veja o discurso da atriz: