Sem categoria
Compartilhar

ONGs que atuam no Paraná, na mira da Alep

 Depois de muitos (muitos, mesmo) anos, a Assembleia Legislativa do Estado do Paraná resolveu que vai invest..

Pedro Ribeiro - 23 de outubro de 2019, 10:13

 

Depois de muitos (muitos, mesmo) anos, a Assembleia Legislativa do Estado do Paraná resolveu que vai investigar a atuação das Organizações não Governamentais no Estado. “Vamos mapear todo o Paraná e criar normativas para corrigir as falhas que existem”, declarou o deputado Ricardo Arruda (PSL) ao fim da segunda reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) a atuação de Organizações Não Governamentais (ONG) no estado.

O que a sociedade precisa efetivamente saber são quais as medidas que a Alep tomará em relação ao funcionamento das ONGs e quais órgãos serão intimados para auxiliar no processo.

Arruda disse que o Ministério Público de Contas do Paraná (MPTC) e o MP de Contas Federal serão acionados para que informem possíveis estudos e auditorias já realizados nas ONGs paranaenses. O Tribunal de Contas do Estado deverá levantar informações sobre reprovações aplicadas nas prestações de contas apresentadas pelas organizações e a própria Assembleia Legislativa para que se verifiquem termos de cooperação e contratos em vigor com elas. Também se buscará a ajuda da Secretaria de Estado da Fazenda (SEFA) “para a verificação de débitos para com o Estado, bem como a apresentação de relação das imunidades fiscais concedidas às ONGs”, destacou Ricardo Arruda.