Sem categoria
Compartilhar

Operação prende grupo especializado em explosão de caixas eletrônicos

Uma ação coordenada pelo Departamento de Inteligência do Estado do Paraná (Diep) mira um grupo especializado no roubo de..

Mariana Ohde - 27 de janeiro de 2017, 08:18

Uma ação coordenada pelo Departamento de Inteligência do Estado do Paraná (Diep) mira um grupo especializado no roubo de caixas eletrônicos nesta sexta-feira (27) no Paraná e Santa Catarina. A Operação Dinheiro Sujo combate diversos crimes: explosão de caixas eletrônicos, lavagem de notas e até a falsificação de documentos e fraudes na venda de imóveis.

A Polícia Militar do Paraná e as Polícias Civil do Paraná e de Santa Catarina dão suporte à ação. São 28 mandados de prisão e 40 de busca e apreensão. No Paraná, os mandados são cumpridos nas cidades de Curitiba, São José dos Pinhais, Ibiporã e Guaratuba. As investigações começaram em junho de 2016 para tentar identificar criminosos responsáveis por ataques a caixas eletrônicos. Ao longo do trabalho, a polícia descobriu que os criminosos cometiam as mais variadas práticas ilegais, não apenas as explosões.

Participam da operação Dinheiro Sujo policiais civis e militares do Diep, homens do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), unidade de elite da Polícia Militar, do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), unidade de elite da Polícia Civil, e ainda da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Santa Catarina.