Padre é encontrado degolado no litoral do Paraná

Fernando Garcel


O corpo de um padre foi encontrado na casa de sua família, em Matinhos, no litoral do Paraná. O corpo de Auci Ribeiro Lucas, de 45 anos, estava em avançado estado de decomposição e apresentava um corte profundo no pescoço e sinais de tortura.

O padre desapareceu na semana passada e o corpo foi encontrado pela irmã que foi até a casa da família, em Matinhos, com o apoio da Polícia Militar (PM). Os policiais abriram a casa que estava trancada e encontraram o corpo do padre. A área chegou a ser isolada e o corpo encaminhado ao Instituto Médico Legal de Paranaguá.

O padre Auci Ribeiro Lucas era natural de Iporá, no noroeste do estado, e atuou nas paróquias Nossa Senhora da Paz e São Cristovão, em Paranaguá. Antes, na Igreja da Paz, Auci trabalhou como Pároco por anos.

Veículo

O veículo usado pelo sacerdote, um Fiat Strada com placas de Tunas do Paraná, que pertence a Mitra Diocesana de Paranaguá, foi encontrado na segunda-feira (2) em Paranaguá. Dois rapazes que ocupavam o carro tentaram fugir, abandonaram o veículo, mas acabaram detidos.

Um dos homens, de 21 anos, argumentou que não era habilitado e que o veículo era de propriedade do padre e que havia lhe emprestado. O veículo e os dois ocupantes foram encaminhados à delegacia para prestar esclarecimentos. Como o carro estava em nome da Diocese de Paranaguá e não havia queixa de furto ou roubo os dois foram liberados após assinatura de documentos.

A polícia não divulgou o nome dos dois homens.

Previous ArticleNext Article