Parques estaduais são alternativa de passeio no verão

Jordana Martinez


Como alternativa às praias, visitar as unidades de conservação do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) pode ser uma boa pedida para as férias de verão. Em todo o estado, 29 unidades estão abertas à visitação e com infraestrutura para atender o público.

Entre os parques mais visitas estão Serra da Baitaca (Caminho do Itupava), em Quatro Barras; o Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa; e o Parque Estadual Pico do Marumbi, em Morretes. Apenas entre Natal e Ano Novo, os locais receberam cerca de três mil visitantes.

Para o presidente do IAP, inserir esses parques dentro do contexto do Verão Paraná é importante para incentivar a participação da sociedade na conservação do meio ambiente, mesmo de férias. “A gente só preserva aquilo que a gente conhece. Incentivar o lazer em locais onde a estrutura e o ambiente permitem é uma maneira mais leve de proporcionar esse conhecimento”, disse.

Confira alguns dos principais destinos:

Caminho do Itupava

O trajeto de 16 quilômetros em meio a Mata Atlântica liga o Parque Estadual do Marumbi ao Parque Estadual Serra da Baitaca. Entre as principais atrações do Caminho do Itupava, estão a Casa do Ipiranga, a Roda d’Água e o Santuário do Cadeado.

Mais informações estão disponíveis no site.

Marumbi

O Parque Estadual Pico do Marumbi abrange os municípios de Morretes, Quatro Barras e Piraquara e é a maior unidade de conservação do Estado aberta ao público. O local também é considerado Patrimônio da Humanidade e Reserva da Biosfera pela Unesco, pela proteção à Floresta Atlântica.

Além do camping gratuito disponível para os visitantes, o Parque tem diversas belezas naturais, protege um conjunto de montanhas e, por isso, atrai adeptos do montanhismo, da canoagem, campistas e amantes da natureza.

Acesso: A principal forma de acesso é por trem, que sai diariamente, às 8h15, da Rodoferroviária de Curitiba e leva duas horas para chegar até a sede do Parque Estadual do Marumbi, no município de Morretes.

O visitante também pode ir de ônibus, saindo de Curitiba até a rodoviária de Morretes, onde um ônibus municipal vai até o vilarejo de Porto de Cima.

Quem vai de carro de passeio deve seguir pela BR-116 e entrar na Estrada da Graciosa, seguindo até o vilarejo de Porto de Cima. Os oito quilômetros restantes, até a Estação do Marumbi, devem ser percorridos a pé, de bicicleta ou de carro com tração 4×4.

Vila Velha

Em Ponta Grossa, o Parque Estadual de Vila Velha é um dos locais mais visitados da região. Atualmente ele passa por um período de transição de gestão de atendimento ao público, com o encerramento do contrato entre IAP e Paraná Projetos e, por isso, a visitação está restrita aos Arenitos até a metade do mês.

Tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Estadual, o Parque Estadual de Vila Velha tem mais de 3 mil hectares e diversas atrações, entre elas os Arenitos, Furnas e a Lagoa Dourada. Entre a fauna, já foram encontradas muitas espécies endêmicas e ameaçadas de extinção, como o lobo-guará, bugio-ruivo, tamanduá-bandeira, jaguatirica e aves como a águia-cinzenta, papagaio-de-peito-roxo, galito, caminheiro-grande e noivinha-de-rabo-preto.

Veja mais opções de destinos no site do IAP.

Previous ArticleNext Article
Jordana Martinez
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.