Sem categoria
Compartilhar

Paulo Bernardo deve voltar à cadeia

Seu destino está traçado. Não adianta a senadora Gleisi Hoffmann espernear na defesa, sustentando que se trata de um hom..

Redação - 01 de agosto de 2016, 14:10

Seu destino está traçado. Não adianta a senadora Gleisi Hoffmann espernear na defesa, sustentando que se trata de um homem de bem, pai de família e honesto. O ex-ministro Paulo Bernardo não tem saída e terá que enfrentar o tribunal. O Ministério Público Federal o denunciou nesta segunda-feira com outras 12 pessoas no âmbito da Operação Custo Brasil, por crimes como corrupção e integrar organização criminosa. A lista de denunciados inclui os ex-tesoureiros do PT Paulo Ferreira (por tráfico de influência e organização criminosa) e João Vaccari Neto (por tráfico de influência, organização criminosa e lavagem de dinheiro).

Pesa para os acusados, crimes de lavagem e pagamento de propinas para o PT que superam R$ 100 milhões entre 2009 e 2015, de acordo com o Ministério Público Federal. No pacote, Bernardo e seus companheiros também são acusados de lavagem de dinheiro. A prisão de Bernardo aconteceu em junho, quando ficou detido por seis dias, suspeito de receber R$ 7,1 milhões em propina da Consist — empresa de software beneficiada durante a gestão de Bernardo no Planejamento, no segundo mandato do então presidente Lula.