Sem categoria
Compartilhar

PB ficava com 80% e embolsou R$ 7 milhões

O delegado Rodrigo de Campos Costa explicou que Paulo Bernardo embolsou R$ 7 milhões do esquema Consist. O dinheiro esco..

Redação - 23 de junho de 2016, 11:49

O delegado Rodrigo de Campos Costa explicou que Paulo Bernardo embolsou R$ 7 milhões do esquema Consist. O dinheiro escoava pelo escritório do advogado Guilherme Gonçalves, que ficava com 20% do recurso e repassava 80% para o ex-ministro. O dinheiro era usado para pagamento de despesas pessoais de PB, inclusive empregados.