Peça retrata os dramas existenciais do homem até sábado (25)

Guilherme Grandi


Com Metro Jornal

A Caixa Cultural Curitiba recebe nesta quinta (23) o espetáculo “Até que Deus é Um Ventilador de Teto”, montagem voltada aos dramas existenciais de um homem de meia idade.

Encenada pelo grupo teatral Parlapatões, a peça revive o texto do autor brasileiro Hugo Possolo ao colocar em cena uma mistura de imaginação e realidade sem distinções, conduzida por uma linguagem intensa e contemporânea.

A história gira em torno de um jornalista de 50 anos que, dentro do seu carro, imagina que um velho senhor vendedor de balas possa ser um deus que desceu à Terra para observar a vida dos homens.

Quando sequestrado, o jornalista tem como vigia o mesmo senhor, já conhecedor da rua, e mergulha em um mar de reflexões que revela a relação desse homem com o mundo e com sua mulher e filho. Ao longo da convivência dos dois, o velho se mostra completamente descrente com a vida, colocando jornalista em conflito e em pânico com a sua falta de esperança.

O espetáculo revela os incômodos e prisões cotidianas de uma pessoa de classe média que mora na cidade grande, e retrata de forma humorada a crise de um homem que, em perigo, coloca a sua vida em perspectiva.

Serviço:
De quinta a sábado às 20h e no domingo às 19h na Caixa Cultural Curitiba.
Ingressos de R$ 5 a R$ 10 pela bilheteria.

Previous ArticleNext Article