Peça revive elementos icônicos do cineasta Ed Wood

Caderno Gente


Redação com Metro Jornal Curitiba

O espetáculo “Acordei Cedo No Dia Em Que Morri”, uma montagem que revive os principais elementos dos roteiros de Ed Wood, estreia nesta quinta-feira (28), em Curitiba. A peça homenageia o lado B do cinema por meio do teatro pop, fazendo referências aos livros do diretor, de nome “Death of a Transversite” e “Let Me Die In Drag”, ao som de trilhas sonoras do universo terror.

A montagem explora os elementos icônicos da produção do cineasta, como vampiros, monstros com superpoderes e alienígenas. O espetáculo conta a história de um psicopata que foge do manicômio e se transveste de enfermeira para desvendar um mistério. Na busca por pistas, o personagem se depara com a apresentadora de TV Vampira, e, juntos, eles descobrem que a trama revela muitos mistérios sobre o passado do protagonista.

O diretor da peça, Paulo Biscaia, contou ao Metro Jornal que usou apenas o começo da obra de Ed Wood para dar início à peça. “Ali está a essência de Wood: o terror, a obsessão em se vestir como mulher, o exagero e seus problemas de roteiro. Tem a comédia que faz com que os filmes de Ed Wood sejam tão ingenuamente ridículos, que acabam se tornando engraçados”.

Ainda segundo o diretor, a peça brinca com os principais elementos do trabalho do roteirista estadunidense, como os exageros de situação, o pleonasmo e a dramaticidade. Em “Acordei Cedo No Dia Em Que Morri” o público pode conferir uma montagem inédita que leva o espectador por um passeio pela mente de Ed Wood, por meio da integração de linguagens teatrais, da tecnologia, da comicidade e de uma estética impactante. Além disso, o espetáculo faz referência à linguagem cênica do teatro, sendo transmitido diante de uma grande tela em que serão projetadas as cenas captadas em tempo real no palco.

A peça fica em cartaz até 22 de outubro com sessões às quartas aos domingos às 20h, e às quintas, sextas e sábados às 23h59, no Ave Lola Espaço de Criação. O valor do ingresso é “pague o quanto vale”.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="8628" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]