Sem categoria
Compartilhar

Penitenciária feminina, em Piraquara, recebe mutirão carcerário

Da AENUm mutirão carcerário para análise e revisão de penas de mulheres que estão custodiadas na Penitenciária Fe..

Roger Pereira - 27 de março de 2017, 18:57

Da AEN

Um mutirão carcerário para análise e revisão de penas de mulheres que estão custodiadas na Penitenciária Feminina do Paraná, em Piraquara, começou nesta segunda-feira (27). O objetivo é avaliar benefícios de progressão de pena que estejam pendentes. Além de manter os processos em dia, a iniciativa abre novas vagas no sistema prisional.

A ação é organizada pelo Poder Judiciário, em parceria com o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen), e faz parte do projeto Cidadania nos Presídios, do Conselho Nacional de Justiça. Cerca de 20 profissionais das Varas de Execuções Penais de Curitiba, Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Paraná, Ministério Público, Defensoria Pública e Depen participam do mutirão, que ocorre nas dependências do Complexo Penitenciário de Piraquara.

RESULTADOS - Até o início da tarde desta segunda-feira (27), dez mulheres foram beneficiadas com prisão domiciliar. Segundo o juiz Moacir Antonio Dala Costa, designado para atuar no mutirão pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), será dada prioridade às mulheres grávidas e com filhos.

Serão atendidos também homens custodiados em unidades penais de Curitiba e Região Metropolitana. O mutirão segue até sexta-feira (31).