Pequenos animais são atração na ExpoLondrina

Mariana Ohde


Não é somente a robutez de bovinos e equinos que se vê na ExpoLondrina. No pavilhão Carmo Oliveira da Rocha, o visitante pode apreciar a beleza e delicadeza de pássaros de diversas espécies, coelhos, além de lhamas, faisões, pavões e cães de várias raças.

“A exposição de pequenos animais contempla os visitantes que não têm vínculo com o meio rural, principalmente as crianças, que podem comprar os filhotes”, afirma Valéria Nogueira, integrante da diretoria Jovem da SRP. No pavilhão estão expostas sete lhamas. Uma delas, Bruna, está aqui pela segunda vez, agora acompanhada da filhote Hermínia, que nasceu há poucos dias.

O criador Davi Lima dos Santos afirma que a ExpoLondrina é uma ótima oportunidade para divulgação e vendas. “É um animal para ornamentar propriedades e hotéis fazendas e de fácil manejo”, diz.

O criador Renato Kenzo Sato pela segunda vez traz à ExpoLondrina mais de 20 espécies de pássaros australianos e brasileiros. Entre elas, rosela, ring neck, red rump, além de calopsita e canário. No seu espaço estão expostos também coelhos, porquinhos da índia, hamster e chinchila. Assim como outros expositores, Sato afirma que a ExpoLondrina é ótima oportunidade para divulgar os animais e realizar vendas.

“Tenho espécies que custam de R$ 20 a R$ 3 mil”, diz. Tatiane Araújo expõe filhotes de pequinês, sharpei, buldogue francês, sptiz alemão, pinscher, poodle, shitzu, lhasa apso, maltês, chow chow, rotweiller, border collie e outras raças. O criador Mariel Boico vem de Santa Helena, no oeste do Estado para divulgar e vender pavões e faisões. “É uma feira com bastante público. Para mim, vale a pena também comercialmente”, avalia.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="480914" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]