Sem categoria
Compartilhar

PM é preso suspeito de matar adolescente após abordagem

Um policial militar foi preso nesta sexta-feira (26) suspeito de executar o adolescente Jadson José de Oliveira, de 17 a..

Andreza Rossini - 26 de agosto de 2016, 12:59

Um policial militar foi preso nesta sexta-feira (26) suspeito de executar o adolescente Jadson José de Oliveira, de 17 anos, em Sarandi, na Região Metropolitana de Maringá, no noroeste do estado.

O rapaz desapareceu no dia 10 e foi visto pela última vez por amigos, quando foi abordado por policiais. O corpo do jovem foi encontrado no último dia 17 com um tiro na nuca e na testa, na zona rural do município.

Um soldado prestou depoimento na Delegacia de Sarandi na noite de quarta-feira (24), acompanhado do advogado, e afirmou ter ajudado o companheiro de trabalho a abordar o garoto e levá-lo até o local de execução. O policial afirmou que presenciou o assassinato e ajudou o colega a esconder o corpo, mas não contou o motivo do crime. O policial acusado nega a execução.

Após confessar participação no crime, o policial está afastado temporariamente das funções e teve a arma apreendida.

Os militares eram suspeitos do crime desde o início das investigações, quando dois amigos de Jadson afirmaram que foram abordados pela PM e liberados, quando o adolescente foi obrigado a permanecer com os policiais e então desapareceu.

O adolescente tinha passagem pela polícia e chegou a cumprir medida socioeducativa por envolvimento com tráfico de drogas. No dia em que desapareceu, a os policiais informaram que eles não estavam com entorpecentes.

O soldado de 37 anos, suspeito do crime, está detido no 4º Batalhão de Polícia Militar. Os policiais não tiveram as identidades reveladas. O comando informou que um dos envolvidos está na corporação há três anos e o outro, há seis.

O caso é investigado pela Polícia Civil e a Polícia Militar abriu um inquérito para apurar o crime.