Policiais salvam jovem feita refém em Curitiba

Mariana Ohde


Os policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) atenderam uma ocorrência com refém e apreenderam um rapaz de 17 anos no bairro Hauer, em Curitiba, nesta terça-feira (5). A vítima, de 14 anos, foi encaminhada pelo Siate para receber o atendimento necessário após o ocorrido. Uma pistola foi apreendida e ninguém ficou ferido.

Assalto

O rapaz, armado com uma pistola, assaltou uma panificadora e uma pessoa que presenciou a ação acompanhou de longe o suspeito a pé e acionou a PM. “Ao se ver cercado pela Polícia Militar ele pegou uma adolescente que passava pelo local e a fez como refém, apontando uma arma para a cabeça da vítima. Foi feito um trabalho pela Equipe de Negociação e do Comando e Operações Especiais (COE). Pouco tempo depois, o suspeito se rendeu”, explicou o comandante do Bope, tenente-coronel Hudson Leôncio Teixeira.

Após o rapaz se entregar, a arma usada por ele foi apreendida pelos policiais militares. A vítima foi atendida no local pelo Siate e, depois, todos foram encaminhados até a Delegacia do Adolescente.

Treinamento

No último mês, o Bope promoveu o Curso de Negociação em Crises e recebeu, além de militares estaduais paranaenses, integrantes de outros estados brasileiros e da Argentina. Após quatro meses de curso, alguns formandos foram incorporados à Equipe de Negociação do Paraná e atuaram nessa ocorrência.

“Tudo o que ocorreu estava dentro do esperado e do que treinamos diuturnamente. Conduzimos a negociação de forma tranquila e fizemos o causador do evento crítico se sentir seguro e confiar na equipe policial até que ele se entregasse e liberasse a refém”, disse o tenente-coronel Hudson.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal