Políticos fazem vistas grossas à miséria para se exibirem no exterior

Redação


miséria

Infelizmente em nosso país existem muitos políticos que levam chicotadas e não aprendem. É por isso que os políticos estão sendo hostilizados pela sociedade. O Brasil, um país pobre, mergulhado em uma crise econômica, com mais de cinco mil municípios e perto de 13 milhões de brasileiros desempregados, nossos políticos preferem viagens ao exterior ao visitar quem realmente precisa ser visto e beneficiado. Sim, na hora de definir missões oficiais pagas com dinheiro do contribuinte, os membros da Câmara dos Deputados priorizam o exterior. Levantamento de O Tempo revela que na lista de missões autorizadas pela Casa, disponível no site da Câmara, no primeiro semestre de trabalho em 2016, nossos deputados federais visitaram 31 cidades em 25 países em todos os continentes. No mesmo período, no território nacional, as missões alcançam apenas 20 cidades, em 14 Estados. Esses viajantes, portanto, não parecem estar preocupados com o país e seu povo, mas com vontades próprias.

A lista não inclui as viagens realizadas e pagas com verba indenizatória, como as que os deputados fazem para ir e voltar de suas bases para Brasília. O périplo dos representantes do povo brasileiro para fora do país ocorre, na maioria das vezes, para a participação em convenções e seminários. Ao retornar, os deputados possuem um prazo para apresentar relatórios de viagem, com as atividades desenvolvidas. No entanto, não há um modelo para o relatório. Assim, para uma mesma viagem, enquanto um parlamentar elabora um detalhado documento com os horários de embarque e desembarque e cada uma das atividades realizadas no dia, outro apenas envia à Casa um texto simples falando da importância do tema tratado, o que poderia ser produzido em uma rápida pesquisa na internet.

Os destinos são os mais diversos. Vão desde grandes metrópoles, como Nova York, Londres, Madri e Paris, a cidades famosas pelo turismo, como Las Vegas (EUA) e Valparaíso (Chile). O país com mais cidades visitadas por deputados em missões oficiais é a Alemanha: cinco. A título de comparação, nenhum Estado brasileiro recebeu mais que duas missões oficiais no período.

De acordo com a explicação da Câmara, apresentada em seu próprio site oficial, as missões oficiais no exterior “ocorrem para que deputadas e deputados possam desempenhar missões junto a governos estrangeiros e a entidades internacionais, como a Organização dos Estados Americanos e a Organização das Nações Unidas”.

“Num contexto de intensa globalização e de inserção soberana do nosso país na comunidade internacional, o Parlamento brasileiro não pode deixar de ocupar o seu espaço na projeção e na defesa dos interesses nacionais, contribuindo no diálogo e intercâmbio com outras nações; além de ter acesso a novos conceitos, políticas públicas e experiências legislativas úteis ao Brasil”, complementa a justificativa da Câmara.

Balanço

31 cidades ao redor do mundo foram visitadas por deputados brasileiros.

25 países registraram visitas das missões oficiais da Câmara dos Deputados.

20 municípios brasileiros estão na lista dos que receberam as missões.

14 Estados receberam os parlamentares ao menos uma vez em 2016.

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="487273" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]