PRF apreende 30 toneladas de toras de araucária transportadas ilegalmente

Andreza Rossini


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 30 toneladas de toras de araucária, árvore conhecida como pinheiro-do-paraná.

A carga era transportada em uma carreta que transitava pela BR-476, em São Mateus do Sul (PR).

O veículo foi abordado por volta de 22 horas, em frente à unidade operacional da PRF.

Os documentos de origem florestal apresentados pelo motorista estavam vencidos desde o último dia 8, o que demonstra que a madeira não tinha licença válida.

Com 34 anos de idade, o motorista assinou um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) por crime ambiental. Ele alegou que desconhecia a irregularidade, apenas teria pego o caminhão na empresa e seguido viagem.

A carga de madeira permanece apreendida na unidade da PRF, para posterior avaliação de técnicos do Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

Conforme o artigo 46 da lei federal 9.605, o transporte de madeira sem licença ambiental é um crime com pena prevista de seis meses a um ano de detenção, além de multa.

Espécie ameaçada de extinção, a araucária ocupava uma área original de aproximadamente 200 mil quilômetros quadrados no país. Restam hoje menos que 3% desse total.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="460275" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]