Quadrilha especializada em drogas sintéticas é alvo de operação no PR e SC

Mariana Ohde


Policiais da Divisão de Narcóticos (Denarc) de Curitiba deflagraram, nesta quinta-feira (8), uma operação para desarticular uma organização criminosa especializada no tráfico de drogas sintéticas – principalmente em festas eletrônicas. A quadrilha atua no Paraná e em Santa Catarina.

A Operação Love acontece nos dois estados. São vinte mandados judiciais, sendo sete de prisão temporária, três de condução coercitiva, quando a pessoa é levada para prestar depoimento, e outros dez de busca e apreensão. Os mandados estão sendo cumpridos em Curitiba e Itajaí.

A ação policial conta com a participação de 50 policiais civis, sendo 35 da Denarc e 15 da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Itajaí.

O nome da operação foi dado em razão das supostas propriedades estimulantes atribuídas às drogas sintéticas.

Investigação

A investigação da Denarc durou aproximadamente seis meses e teve início após a prisão de um dos membros da quadrilha. A prisão aconteceu em janeiro deste ano e, com ele, foram apreendidos mais de 7 mil pontos de LSD, pouco mais de 5,3 mil comprimidos de ecstasy e 1,2 quilos de maconha. Cada ponto de LSD é vendido em festas eletrônicas por cerca de R$ 50.

De acordo com o delegado Rodrigo Souza, que comanda a operação, a quantidade de droga apreendida durante a investigação demonstra a atuação da organização criminosa e da rentabilidade do tráfico. Só com um dos integrantes da quadrilha foram apreendidos cerca de R$ 350 mil em drogas sintéticas.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="436006" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]