Richa promete quebrar as asas do mosquito da dengue com vacina inédita no país

Redação


A epidemia de dengue, que começou em Paranaguá e se espalhou por perto de 100 municípios paranaenses, provocando a morte de mais de 60 pessoas, poderá estar com seus dias contados a partir da iniciativa dio governo do estado que será o primeiro estado do país a adquirir a vacina contra a dengue. A notícia foi divulgada na semana passada pelo governador Beto Richa que esteve negociando com o laboratório francês Sanofi Pasteur.

A Secretaria de Estado da Saúde aguarda que a câmara de regulação do Mercado de Medicamentos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) defina o preço da vacina para finalizar o processo de aquisição e iniciar a campanha de imunização no Estado. “O custo estimado da dengue no Paraná, direto e indireto, é de mais de R$ 200 milhões anuais. Com a vacina, pretendemos reduzir sistematicamente o número de casos e evitar novas epidemias”, disse o governador.

A vacina que está sendo adquirida pelo Governo do Estado é pioneira no mundo e foi aprovada pela Anvisa em dezembro de 2015, depois de 20 anos de pesquisa e a comprovação de sua efetividade. Ela protege contra os quatro sorotipos de dengue que circulam no Brasil.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="487179" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]