Sem categoria
Compartilhar

Ruralista acusado de matar PF vai a julgamento em Curitiba

O pecuarista Alexandre Meneghel, acusado de matar o policial federal Alexandre Drummond Barbosa em frente a uma casa not..

Jordana Martinez - 20 de fevereiro de 2017, 17:57

O pecuarista Alexandre Meneghel, acusado de matar o policial federal Alexandre Drummond Barbosa em frente a uma casa noturna em Cascavel, no oeste do Paraná, em abril de 2012, vai a juri popular nesta terça-feira (20), em Curitiba. Ele está em prisão domiciliar e foi liberado pelo juiz Thiago Flôres Carvalho para seguir para a capital nesta segunda.

De acordo com o Tribunal do Júri, a previsão é de que o julgamento dure dois dias. Em março do ano passado o júri chegou a ser iniciado mas, perto do fim, a defesa de Meneghel deixou o plenário anulando todo o julgamento.

A defesa recorreu ao Tribunal de Justiça pedindo a troca do local do julgamento. A qualquer momento o TJ pode se manifestar sobre o pedido mas, por enquanto, o local está mantido.

De acordo com o advogado de defesa, Claudio Dalledone, Meneguel agiu em legítima defesa.  Segundo ele, um conjunto de fotos periciais mostram que a caminhonete do pecuarista foi atingida por pelo menos sete tiros durante o confronto com o policial federal, dois deles acertaram Meneguel. Além disso, segundo Dalledone, as imagens gravadas pelo sistema de segurança mostram o policial sacando a arma e disparando várias vezes contra o carro de Meneghel antes de ser atingido.

“O vídeo é claro em mostrar Alexandre sacando e disparando primeiro. Uma testemunha garantiu que Meneghel deixava o lugar de forma tranquila e o primeiro tiro foi escutado em impacto de “lata”", afirma o advogado.