Seminário debate valorização da produção artesanal de alimentos

Mariana Ohde


Por AEN

O Seminário Estadual de Valorização de Produtos Artesanais e Circuitos de Curtos de Comercialização deve reunir agricultores, agricultoras, gestores públicos e extensionistas para discutir limitações e perspectivas da produção artesanal de alimentos.

O evento acontece no dia 12 de agosto, em Laranjeiras do Sul, dentro da programação técnica do 3° Inverno Gastronômico, com o apoio dos programas Pró Rural e Microbacias, do Governo do Estado, e Prefeitura de Laranjeiras do Sul.

A engenheira agrônoma Mary Stela Bischof, coordenadora estadual de Negócios e Mercados para Agricultura Familiar, da Emater, detalha que haverá palestras apresentadas por especialistas e a oportunidade para a troca de experiências através de painéis e visitas técnicas a campo.

“Haverá o debate sobre aspectos relacionados a legislação e estratégias de comercialização, pois produtos com qualidade diferenciada requerem mercados também diferenciados”.

A extensionista conta que ampliar a renda e melhorar a qualidade de vida das famílias de agricultores familiares é um objetivo buscado constantemente pela Emater e nesse contexto o desenvolvimento de ações que promovam a valorização dos produtos coloniais é uma boa estratégia para isso.

“O processamento artesanal de alimentos é um bom negócio para o produtor rural e ainda atende uma demanda da sociedade que cada vez mais valoriza a cultura alimentar”.

Entre as palestras programadas para os dois dias se destaca aquela que será apresentada pelo Dr. Clovis Dorigon, pesquisador da EPAGRI-SC, que vai falar sobre Produção artesanal de alimentos e promoção do desenvolvimento local e regional.

Os painéis tratarão de dois temas. Um deles será sobre Legislação para agroindústrias familiares de produtos de origem animal e vegetal, coordenado por Emunuelle Gemin, da Secretaria de Estado da Saúde, e Adapar. Outro sobre Circuitos curtos de comercialização de produtos diferenciados e artesanais, com relatos de experiências sobre a Feira do produtor de Maringá; Centro de comercialização permanente da agricultura familiar, de Guaraniaçu; e organização de cestas de produtos orgânicos. As visitas técnicas acontecem no sábado, 12 de agosto, com a ida à agroindústria do Assentamento da Reforma Agrária 8 de Junho, Cooperjunho, e até à Feira Permanente de Laranjeiras do Sul.

O evento já tem confirmada a participação de aproximadamente 350 pessoas, de 16 regiões atendidas pela Emater.

Como parte da programação do Seminário haverá, ainda, o lançamento do Concurso de queijos artesanais do Paraná, que busca resgatar e identificar a produção existente e o saber fazer dos queijos artesanais. O concurso terá etapas regionais e a etapa final acontecerá em Curitiba, julho de 2018.

O 3° Inverno Gastronômico é uma promoção da Emater, Sebrae-PR e Agência de Desenvolvimento do Turismo do território Cantuquiriguaçu (Lagos e Colinas) e acontece em Laranjeiras do Sul, de 11 a 13 de agosto,. Uma iniciativa que tem o apoio da Prefeitura de Laranjeiras do Sul, Associação dos Municípios do Cantuquiriguaçu, Fundação para o Desenvolvimento Regional e Pró Rural.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal