Sem categoria
Compartilhar

Veja as fotos e vídeos do assassino do casal na Praça do Japão

A polícia civil divulgou hoje pela manhã fotos e vídeos que estão ajudando a esclarecer o caso do casal que foi morto a ..

Julie Gelenski - 23 de novembro de 2016, 09:32

A polícia civil divulgou hoje pela manhã fotos e vídeos que estão ajudando a esclarecer o caso do casal que foi morto a tiros na Praça do Japão.

Os autores do crime, o que executou, e o que dirigia o veículo Citroen C4 Pallas ainda, ainda não foram indentificados. A delegada Sabrina Alexandrino, DHPP, a delegacia de homicídios e proteção à pessoa, está priorizando o caso. Ela explica que várias testemunhas foram ouvidas, e que as imagens estão ajudando a elucidar o caso.

A intensão com a divulgação das imagens, é que populares possam repassar informações à polícia para que o caso seja esclarecido o mais rápido possível.

Veja alguns vídeos do suspeito que matou o casal. Nas imagens aparece o suspeito indo  em direção às vítimas (à esquerda da pilastra branca). Executa as vítimas e foge correndo (imagem à direita da pilastra branca). As imagens estão de longe e é preciso atenção pra verificar toda a ação.

Motivação

“Aparentemente, é uma pessoa conhecida, porque teve um tempo para falar com as vítimas antes do crime. Estamos fazendo uma série de diligências para achar os suspeitos”, disse a delegada.

Segundo a DHPP, Lorene Walski Godinho, de 28 anos, estava ameaçada de morte, possivelmente por traficantes. A delegada segue explicando que a vítima também não estava morando na casa dos pais. "Por causa das recaídas dela, acabava voltando para as ruas, ficando hospedadas em albergues na cidade”, disse.

A hipótese de crime passional ainda não foi totalmente descartada, mas o fato do autor do crime ter agido junto com um cúmplice, reforça a tese de acerto de contas. “Lorene estava sendo ameaçada porque traficava e tinha dívidas por conta disso. Ainda é cedo para afirmar se o Joel era alvo ou não. A forma que aconteceu não indica um caso passional, mas um crime por vingança. Passional, em tese, não tem coautor”, explicou a delegada.

Qualquer informação que ajude a identificar os autores do crime, pode ser repassadas para a polícia, no telefone da DHPP, que é: 0800-6431-121.