Vem por aí novos presos VIP

Redação


A partir de setembro, quando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) finalizar a produção de novas provas nas ações em que a oposição pede a cassação dos mandatos da presidente afastada Dilma Rousseff e do presidente interino Michel Temer, poderão haver novos hóspedes na República de Curitiba. As quatro ações sobre o tema são da relatoria da ministra Maria Thereza de Assis Moura.

As informações são do ministro Gilmar Mendes que abriu nesta quinta-feira, na sede do TSE, um ciclo de palestras relacionadas às eleições de outubro, onde foi questionado por jornalistas sobre a previsão do julgamento do pedido para separação dos processos de Temer e da presidenta afastada.

Estamos trabalhando na instrução e na perícia. Estimamos talvez para setembro, se não houver outros incidentes, que possamos estar nos avizinhando da finalização da instrução. Depois virão essas questões de ordem”, disse Mendes. Em abril deste ano, a ministra Maria Thereza de Assis Moura determinou uma nova produção de provas nas ações.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="487193" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]