Vereadores cobram agilidade na conclusão da Linha Verde

Pedro Ribeiro

trânsito linha verde caminhão

 

A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) vai encaminhar ao Poder Executivo, nos próximos dias, uma indicação aprovada pelos vereadores que sugere a celeridade na conclusão das obras da Linha Verde Norte. A ação foi protocolada por Indiara (Novo).

A indicação de ato administrativo ou de gestão que pede que a Prefeitura de Curitiba verifique, de forma mais “criteriosa”, a capacidade da empresa contratada para conclusão da Linha Verde Norte, também orienta ao Executivo que invista “maiores esforços para o andamento mais acelerado da obra para que não ocorram mais atrasos além dos já ocorridos até o momento” (203.00298.2021).

Como argumento, Indiara Barbosa lembra que as obras da Linha Verde já “duram mais de uma década e atrapalham muito o trânsito” da cidade.

Na justificativa da proposição, a vereadora citou dados levantados no Portal da Transparência referentes ao contrato do trecho que está em obras e seus aditivos, e informou que também apresentou pedido de informações ao Executivo, solicitando documentos que não são encontrados no Portal da Transparência.

“Com base nos contratos e aditivos realizados, verificamos que a obra não avançou. O contrato do último trecho já foi reajustado, passando de R$ 70 milhões para R$ 82 milhões. O valor total da obra já quase dobrou”, reclamou.

Ainda segundo Indiara Barbosa, uma das duas empresas que integram o Consórcio Estação Solar, a construtora Triunfo, “está em recuperação judicial, solicitada em junho de 2019 e concedida em 2020”. “O ritmo está lento e o custo de lentidão [para os cofres públicos, para motoristas que precisam utilizar a Linha Verde, para comerciantes e moradores do entorno] é gigantesco”, concluiu.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="770327" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]