Vírus ajuda Consilux, que ganha tempo e fatura com contratos irregulares

Pedro Ribeiro


Aroldo Murá

Esperança de vozes que fiscalizam a administração da cidade é que o novo presidente do TCE leve adiante suas sanções à empresa dos radares.

A administração de Rafael Valdomiro Greca de Macedo alega que a fiscalização no trânsito deve continuar. Assim mantém todos os guardas municipais e agentes de trânsito multando vertiginosamente os munícipes em Curitiba. A justificativa que a fiscalização não deve parar serviu como uma luva para a continuidade dos serviços irregulares prestados pela Consilux Engenharia.

R$ MEIO MILHÃO/MÊS

A empresa é a dona dos radares instalados e recebe uma quantia de meio milhão de reais por mês pelos serviços prestados pela empresa de Aldo Vendramin. Aldo que é muito ágil e bem relacionado dentro da Secretaria de Trânsito, vem navegando em berço esplêndido na gestão de Rafael Greca. A declaração de Lockdown paralisou tudo na Superintendência Municipal de Trânsito; ou seja, Aldo está sendo mais uma vez beneficiado pela omissão do poder público em retirar os radares irregulares.

 LICITAÇÃO ENCERRADA

Existe uma licitação sob nº 472/2019 encerrada no site da prefeitura e-compras. Qual será o verdadeiro motivo da paralisação do certame? Até quando a Consilux será beneficiada pelo lockdown? O ESTAR foi declarado como serviço essencial, mesmo com a proibição de circulação e fechamento do Comércio de Curitiba.

Qual o sentido de manter os radares funcionando? Se é essencial, qual o motivo de manter a Consilux ? São as mesmas perguntas não respondidas nos últimos 10 anos. O Tribunal de Contas está de olho nesta situação há um bom tempo.

Com o novo presidente Conselheiro Fabio Camargo , cheio de vontade de mostrar serviço, quem sabe responsabilize os 10 anos sem licitação que estão na conta da administração municipal , conta amplamente ampliada pelo alcaide Rafael Valdomiro Greca de Macedo.

 

Aroldo Murá é jornalista

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal