Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

A chapa esquenta entre Ratinho Junior e João Arruda nas eleições 2018

 Reclamação coletiva ao Ministério das Comunicações pedindo a cassação da concessão pública da Rede Massa (a..

Pedro Ribeiro - 21 de setembro de 2018, 10:23

 

Reclamação coletiva ao Ministério das Comunicações pedindo a cassação da concessão pública da Rede Massa (afiliada ao SBT no Pr) e Rádio Massa pelo fato das mesmas estarem sendo utilizadas para obtenção de vantagens eleitorais no pleito de 2018. (anexo).

 

Ao mesmo tempo em que o candidato Ratinho Junior (PSD) está proibido de invadir o horário da propaganda na TV e no rádio dos candidatos a deputado federal e estadual, para atacar e denegrir João Arruda, candidato a governador do Paraná pelo MDB, também o candidato Arruda terá que ceder tempo de televisão e rádio para direito de resposta por supostas informações falsas.

Segundo a assessoria de João Arruda, o entendimento é do magistrado Ricardo Augusto Reis de Macedo, juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR), em liminar acatando a ação da coligação Paraná: Emprego, Educação e Combate à Corrupção. O comercial, de 11 segundos, um narrador retrata João Arruda, em seu mandato como deputado, afirmando que o mesmo votou a favor de Temer e dos corruptos. No entendimento, o magistrado relator deixa claro que o ataque é equivocado.

"O que existe nesta situação, em princípio, é somente apresentação de críticas a candidato adversário da eleição majoritária, buscando atribuir-lhe a pecha de corrupto, sem qualquer vinculação à plataforma política dos que efetivamente teriam o tempo da fala, os candidatos a eleição proporcional", anotou Ricardo de Macedo.

Já em relação a Ratinho Junior, a decisão para veiculação da resposta foi em decorrência do primeiro programa eleitoral no bloco noturno da TV, respeitado o prazo de 36 horas após ciência da ordem. O programa em questão pretendeu vincular a imagem de Ratinho Júnior à prisão do ex-governador Beto Richa, e por isso, o trecho da resposta que aborda o assunto elucidando que sua atuação como Secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano, que não tinha relação com o “Programa Patrulha do Campo” e que as obras por ele realizadas não são objeto de investigação do Ministério Público ou Tribunal de Contas. A conclusão da resposta apenas se destina ao esclarecimento do fato de que Ratinho não está vinculado ao desvio de verbas públicas, tal como afirmado na propaganda de Arruda.

Ratinho Junior entrará no programa de João Arruda com texto previamente produzido pela coligação