Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Alunos dos colégios da rede pública terão três refeições por dia

Governador Ratinho Junior anuncia, em colégio na Vila Zumbi, em Colombo, três refeições por dia a alunos da rede pública de ensino.

Redação - 01 de junho de 2022, 18:38

Foto/Divulgação/AEN
Foto/Divulgação/AEN

 

Enquanto o governo federal vira as costas para a Educação no país, cortando R$ 20 bilhões do orçamento das universidades federais, o governador Carlos Massa Ratinho Junior dá exemplo de gestor público preocupado com a educação, principalmente com o ensino fundamental.

O governador anunciou, nesta quarta-feira, 1, no Colégio Estadual Zumbi dos Palmares, em Colombo (Região Metropolitana de Curitiba), a ampliação do programa Mais Merenda, que passa a oferecer mais um lanche na entrada e outro na saída de cada turno, além da merenda regular que já é dada nos intervalos das aulas.

Com a medida, os mais de 1 milhão de alunos da rede estadual de ensino vão receber, agora, três refeições por dia nas escolas. A oferta de três refeições por turno iniciou em 2020 como um projeto-piloto em cinco Núcleos Regionais de Educação (NREs), mas com a paralisação das aulas por causa da pandemia de Covid-19, retomou no ano letivo de 2021. Agora, vai abranger todos os 2.109 colégios da rede estadual.

“É o maior programa do País de segurança alimentar nas escolas. As crianças e os adolescentes entram na escola e se alimentam, comem no recreio e, antes de ir embora, se alimentam de novo, para ir com a barriga cheia para casa”, destacou Ratinho Junior. “Somos um dos maiores produtores de alimentos do mundo e não podemos admitir que nossos alunos frequentem as aulas com fome. O Paraná quer ser exemplo para o Brasil na alimentação escolar”.