Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Alvaro Dias, um dos parlamentares mais influentes do Congresso

Senador Alvaro Dias, do Podemos, figura novamente na lista dos congressistas mais influentes. A relação é feita pelo Diap e com base em desempenho como parlamentar

Pedro Ribeiro - 18 de julho de 2022, 11:46

Foto/Divulgação
Foto/Divulgação

 

Alvaro Dias, que está no Congresso Nacional há quase duas décadas (entrou em 1999) aparece todos os anos na lista do Diap.

O Senador paranaense, Alvaro Dias (Podemos), candidato à reeleição ao Senado Federal foi, mais uma vez, escolhido pelo Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar), como um dos parlamentares mais influentes do Congresso Nacional.

A lista dos 100 "Cabeças" do Congresso 2022, foi divulgada nesta segunda-feira. A série dos Cabeças do Congresso do Diap foi iniciada em 1994. O senador Alvaro Dias, que entrou no Senado em 1999, há quase duas décadas vem aparecendo na lista dos parlamentares mais influentes do Congresso.

Alvaro Dias é o único senador do Estado a figurar entre os 100 Cabeças.

Os “Cabeças” do Congresso Nacional são, na definição do DIAP, aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades aqui descritas. Entre os atributos que caracterizam um protagonista do processo legislativo, destaca-se a capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo saber, senso de oportunidade, eficiência na leitura da realidade, que é dinâmica, e, principalmente, facilidade para conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e tomada de decisão.

Para o Diap, Alvaro Dias é considerado um dos principais debatedores do Congresso. De acordo com a definição da organização, os chamados “debatedores” são parlamentares ativos, atentos aos acontecimentos e, principalmente, com grande senso de oportunidade e capacidade de repercutir, seja no plenário, na imprensa ou nas redes sociais, os fatos políticos gerados dentro ou fora do Congresso. “São, por essência, parlamentares conhecedores das regras regimentais que regem as sessões e o funcionamento das Casas do Congresso, exercem real influência nos debates e na definição da agenda prioritária. Com questões de ordem, encaminhamento, discussão de matérias em votação e obstrução do processo deliberativo, dominam a cena e contribuem decisivamente na dinâmica do Congresso. São os parlamentares mais demandados pela imprensa, explica o Diap em sua publicação.