Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Atentado na Band Curitiba

 Pode ser um fato isolado, cometido por um indivíduo descontente com ações jornalísticas que possam ter macu..

Pedro Ribeiro - 16 de fevereiro de 2018, 10:12

 

Pode ser um fato isolado, cometido por um indivíduo descontente com ações jornalísticas que possam ter maculado sua imagem, o que não deixa de ser uma tentativa no sentido de pressionar para impedir o exercício do jornalismo, ou ato terrorista. Estas são duas hipóteses que estão sendo analisadas pela direção da TV Bandeirantes de Curitiba que sofreu um atentado no final da noite desta quinta-feira quando foi jogado um artefato explosivo contra a cabine de segurança da emissora, no bairro do Pilarzinho, na capital. A Polícia Técnica e Científica investiga e deverá apresentar conclusão em 30 dias.

Segundo o diretor executivo da emissora, jornalista Amado Osman, “felizmente o artefato não provocou vítima fatal, apenas queimaduras nas mãos do segurança. Nossa preocupação, além do patrimônio da empresa, é com os funcionários e este tipo de atentado, seja isolado ou não, não podemos admitir. O caso está nas mãos da polícia”, disse.

NOTA OFICIAL

A sede da Band Curitiba foi alvo de um atentado na noite desta quinta-feira (22h). Um artefato foi lançado contra a portaria da emissora. Infelizmente, um dos nossos colaboradores foi atingido pelo material combustível. Ele conseguiu tirar a blusa, em chamas, antes de qualquer lesão grave. O Siate foi acionado e o funcionário recebeu atendimento, mas não foi necessário encaminhamento para o hospital.

A Polícia Militar deu atendimento inicial ao caso, seguido da Polícia Civil e Instituto de Criminalística. Todo o material foi recolhido para posterior análise.

A ação foi registrada pelas câmeras de segurança da Band que vão possibilitar a identificação do autor do crime. As imagens serão levadas ao delegado responsável pelo caso. Por orientação da polícia a gravação ainda não foi divulgada.pedro.ribeiro