Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

BRDE é destaque em financiamentos de projetos sustentáveis

BRDE disponibilizou, em 2021, mais de R$ 2,4 bilhões, sendo R$ 762 milhões para os chamados projetos verdes. Apenas no Paraná foram liberados mais de R$138 milhões em créditos.

Redação - 10 de maio de 2022, 11:50

Foto/Divulgação/BRDE
Foto/Divulgação/BRDE

 

BRDE disponibilizou, em 2021, mais de R$ 2,4 bilhões, sendo R$ 762 milhões para os chamados projetos verdes. Apenas no Paraná foram liberados mais de R$138 milhões em créditos.

 

O presidente do Banco Regional de Desenvolvimento Econômico do Extremo Sul (BRDE), advogado e administrador, Wilson Bley Lipiski, contabiliza, junto aos seus pares de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, mais uma vitória da instituição.

O BRDE disponibilizou, em 2021, mais de R$ 2,4 bilhões em créditos para projetos que estão alinhados a ao menos um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU), nos três estados do Sul.

Segundo Lipiski, os chamados projetos verdes, que contribuem para amenizar as mudanças climáticas, representaram um investimento de R$ 762 milhões.

Nas operações diretas e em toda a carteira da instituição, 75% estão alinhadas a, pelo menos, um dos ODS, bem à frente de instituições similares de outros estados. A maior parte dos créditos concedidos foram para contratos alinhados ao ODS 2, de Segurança Alimentar e Agricultura Sustentável. Em seguida, aparecem os ODS 12, de Produção e Consumo Sustentáveis, e ODS 13, de Ação Climática. Ambos fazem parte dos projetos verdes junto com os ODS 7, de Energias Limpas e Renováveis, ODS 11, de Cidades Sustentáveis, e ODS 15, de Proteção à Vida Terrestre.

O BRDE é signatário do Pacto Global da ONU e, em 2019, recebeu o Prêmio Sustentabilidade no Setor Financeiro. Comprometido com a agenda global de sustentabilidade e mitigação dos efeitos das mudanças do clima, o BRDE cumpre com os ODS e pretende continuar por esse caminho.

“O apoio com a Agenda 2030 é um caminho que o setor financeiro deve trilhar para que possamos atingir as metas propostas e inspirar as novas gerações”, diz o presidente do BRDE, Wilson Bley Lipski. “O BRDE está neste rumo. A estratégia para os negócios e o crescimento e desenvolvimento do Sul estão alinhados às preocupações Environmental, Social and Governance (ESG) e responsabilidade socioambiental. E queremos aumentar o fluxo de capitais locais direcionados, principalmente para os fundos verdes, e tornar o BRDE efetivamente um banco verde”.

Um dos exemplos está em andamento no Paraná. Só no Estado, mais de R$ 138 milhões em créditos foram liberados pelos programas Mais Energia Sustentável e Mais Sustentabilidade Ambiental BRDE.

Ronald Abt aproveitou os recursos do banco destinados ao apoio de projetos de energias sustentáveis e construiu uma usina fotovoltaica para sua empresa, a Serraria Abt, em Reserva, na região dos Campos Gerais. A economia em relação à conta de luz do empreendimento antes da instalação da usina passa de R$ 10 mil. “Fiz meu projeto fotovoltaico de baixa tensão, uma usina com capacidade máxima de 105 kWp. Em dezembro, antes da usina, eu estava gastando em torno de R$ 12 mil. Em fevereiro, a conta foi de R$ 591”, conta.

Satisfeito com o investimento, Abt vê a usina fotovoltaica como oportunidade de aplicação financeira a longo prazo. “O resultado é muito gratificante, poder deixar de gastar mais de R$ 10 mil por mês. Eu recomendo a todo mundo, vejo como um negócio muito promissor, além de poder usar a energia na própria empresa, dá pra fazer a negociação dessa energia com outros empreendimentos e ter a usina como uma fonte de renda”, destaca.

Ele já planeja a instalação de uma segunda usina fotovoltaica e acrescenta que, com projetos como esse, o BRDE cumpre sua responsabilidade social e ambiental.

ODS – Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) fazem parte da Agenda 30, um compromisso criado em 2015, pelos 193 países membros da ONU, que tem como intuito eliminar a pobreza, lutar contra a desigualdade, a injustiça, e proteger o planeta até 2030. Entre as metas representadas pelos ODS estão fome zero, igualdade de gênero, educação de qualidade, combate às alterações climáticas, consumo e produção responsáveis.