Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Cida anuncia criação de secretaria presidiária e reúne alto comando da polícia

 Em Morretes, a governadora esbanjou charme e carisma junto à população durante visita à Festa Feira, onde ..

Pedro Ribeiro - 29 de abril de 2018, 16:51

 

Em Morretes, a governadora esbanjou charme e carisma junto à população durante visita à Festa Feira, onde liberou recursos ao município

 

A governadora Cida Borghetti quebrou o protocolo na tarde deste domingo, quando visitava a Festa Feira de Morretes, ao sentar na calçada, em frente ao palanque onde assinou a liberação de recursos ao município para conversar com um casal de idosos, com visível problemas de saúde.

“Olá, como é o nome da senhora... e do senhorzinho que está ao seu lado...”, perguntou a governadora. Antes da resposta, Cida percebeu que o ancião estava com deficiência na visão e chamou uma médica que acompanhava a comitiva para verificar o que estava acontecendo. Problemas de cataratas, respondeu a senhora, o que foi confirmado pela médica.

Acompanhada do prefeito de Morretes, Osmair Costa Coelho, do deputado federal, Ricardo Barros e do deputado estadual, Paulo Litro,  a governadora era convidada para entrar nas barracas, conhecer os produtos e tirar fotografias. Carismática, atendia a todos e era retribuída com palmas. Parou também e fez questão de pousar ao lado de uma baiana de janela, postada em um restaurante da rua das Flores de Morretes.

A governadora, que liberou R$ 1,5 milhão de recursos para o município de Morretes investir em infraestrutura, principalmente em obras rodoviárias e para a futura rotatória da cidade, confessou  ter encanto por Morretes e que não poderia deixar de visitar a feira que é uma das mais tradicionais do setor agrícola e de artesanato do litoral paranaense.

Cida, que reunirá amanhã, segunda-feira, em seu gabinete, no Palácio Iguaçu, os comandos das polícias do Estado para discutir as ações de prevenção e combate ao crime, anunciará, também a criação da Secretaria de Administração Penintenciária. “Este desmembramento auxiliará o setor penitenciário já que a área administrativa fará um mapeamento das condições dos presos nas áreas jurídica e de direitos humanos, enquanto a Secretaria da Justiça poderá agilizar a construção de novos presídios”, disse.

O prefeito de Morretes, Osmair Costa Coelho, disse que a liberação dos recursos de R$ 1,5 milhão, somados a outros R$ 2 milhões – este para a reforma do Hospital – liberado pelo então ministro da Saúde, Ricardo Barros, dará um novo impulso às obras no município.