Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Com a palavra, o ex-ministro da chave dono do cofre

 A estas alturas, com Lula preso, nada mais assusta o PT. A expectativa, no entanto, é quanto à delação do e..

Pedro Ribeiro - 26 de abril de 2018, 12:59

 

A estas alturas, com Lula preso, nada mais assusta o PT. A expectativa, no entanto, é quanto à delação do ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, que cuidava do cofre do governo petista. Ele deve revelar detalhes dos esquemas de corrupção dos quais participou durante os governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, entre 2003 e 2015, aos investigadores da Polícia Federal, em Curitiba.

Embora as lideranças do PT que participaram desses governos já sabiam o que acontecia nas entranhas do Palácio do Planalto e nos órgãos estatais, Palocci, que está preso desde 2016, não quer pagar o preço sozinho e deverá levar figurões com ele.

Palocci foi detido na 35ª fase da operação Lava Jato, batizada de Omertá, após o delegado Filipe Hille Pace mapear as movimentações da “planilha Italiano” no dados do departamento de propina da Odebrecht.

Ninguém sabe do conteúdo da delação de Palocci mas um dos temas a serem explicados pelo ex-ministro são as contratações por grandes empresas de sua consultoria, a Projeto. Desde o início das investigações contra Palocci, a PF suspeita do uso da empresa para recebimentos de valores provenientes de esquemas de corrupção em órgãos públicos comandados pelo PT, entre eles, a Petrobrás.