Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Com um pé em cada canoa, Kassab libera Ratinho Junior para Bolsonaro

De olho nas pesquisas e na liderança de Lula ao Palácio do Planalto, Gilberto Kassab, presidente do PSD, libera Ratinho Junior para apoiar Bolsonaro.

Pedro Ribeiro - 06 de junho de 2022, 10:30

Foto/Wikpédia.pt.org
Foto/Wikpédia.pt.org

 

Todos sabem, no meio político nacional, que o presidente do PSD, Gilberto Kassab, tende para quem estiver melhor nas pesquisas e com absolutas chances de ser vitorioso. Isto ele deixou claro na entrevista que deu ao jornal Valor, onde não escondeu tendência para o lado do ex-presidente Lula, justamente porque está em primeiro nas pesquisas.

Mas, como Kassab é conhecido também por colocar um pé em cada canoa, fica como tucano, em cima do muro, até que as últimas pesquisas indiquem, efetivamente, quem vai vencer o pleito. Ai, com certeza, ele manifestará seu apoio.

Hoje, para não se comprometer, Kassab diz: “Imagina se estivéssemos apoiando o Lula, a gente ia considerar o Ratinho Júnior um dissidente? E se estivéssemos apoiando o presidente Bolsonaro, iríamos considerar o Kalil um dissidente?”

“Hoje as pesquisas mostram uma tendência de eleição no primeiro turno. Sinto pelos depoimentos dos nossos quadros – Omar Aziz no Amazonas, Otto Alencar na Bahia, o Kalil em Minas Gerais – a presença muito forte do Lula nos seus Estados, de uma pesquisa vigorosa que vai se sustentar. São Paulo é minha praia, fui prefeito, secretário municipal, vice-prefeito, modéstia à parte eu conheço. Sinto a presença do Lula muito forte na capital.”

“No plano político, no momento em que abrimos mão de uma candidatura a presidente da República, a permanência da presidência do Senado com o PSD passa a ser uma prioridade, e muito possivelmente, a mais importante. Mas isso passa por um primeiro momento que é ter força para sustentar isso, o que significa eleger governadores, deputados federais, senadores.” (Valor)