Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

 Contratação de serviços para ampliação do aeroporto de Foz

 A Infraero publicou nesta quinta-feira, 31, o edital de licitação do projeto de ampliação da pista do aerop..

Pedro Ribeiro - 31 de outubro de 2019, 20:40

O governador Carlos Massa Ratinho Junior recebeu nesta segunda-feira, no Palácio Iguaçu, o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna.
Curitiba, 18-03-19.
Foto: Rodrigo Félix Leal / ANPr.
O governador Carlos Massa Ratinho Junior recebeu nesta segunda-feira, no Palácio Iguaçu, o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna. Curitiba, 18-03-19. Foto: Rodrigo Félix Leal / ANPr.

 

A Infraero publicou nesta quinta-feira, 31, o edital de licitação do projeto de ampliação da pista do aeroporto internacional de Foz do Iguaçu. A licitação prevê a contratação de serviços técnicos especializados e engenharia para a elaboração do projeto executivo e a execução das obras e serviços referentes à ampliação da pista de pouso e decolagem.

Esse é mais um passo importante para consolidar Foz do Iguaçu como um dos principais destinos turísticos do mundo. Hoje, a cidade é segunda no ranking nacional a receber mais turistas estrangeiros. A ideia, a partir de várias obras no aeroporto, com apoio e investimentos diretos da usina de Itaipu, é transformar Foz a capital brasileira do turismo estrangeiro no Brasil.

Além do aeroporto, Itaipu também está realocando recursos obtidos com a economia em gastos sem aderência à missão da usina em obras estruturantes como a Ponte da Integração Brasil-Paraguai, modernização do Hospital Ministro Costa Cavalcanti e mercado municipal, entre outras.

Para o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, a ampliação de pista de pouso e decolagem do aeroporto de Foz vai permitir que a cidade torne-se um hub atraindo voos internacionais e muito mais visitantes. “Esses investimentos  têm aderência ao papel de Itaipu, que vai muito além de gerar de forma eficiência energia limpa e renovável, mas também promover o desenvolvimento sustentável para toda a região onde está instalada”.