Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Desobediência civil leva PM a fechar dois bares em Curitiba

A Polícia Militar fechou dois bares na noite desta quinta-feira, em Curitiba. Além de abertos, havia aglomeração. Desres..

Pedro Ribeiro - 19 de junho de 2020, 11:46

Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU)  na noite desta quinta (18) fiscalizando bares e restaurantes que estão descumprindo o decreto 774/20 da Prefeitura de Curitiba, que restringiu várias atividades comerciais por causa da bandeira Laranja de alerta para contaminação de Covid-19
Curitiba -  18/06/2020 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN
Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) na noite desta quinta (18) fiscalizando bares e restaurantes que estão descumprindo o decreto 774/20 da Prefeitura de Curitiba, que restringiu várias atividades comerciais por causa da bandeira Laranja de alerta para contaminação de Covid-19 Curitiba - 18/06/2020 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN

A Polícia Militar fechou dois bares na noite desta quinta-feira, em Curitiba. Além de abertos, havia aglomeração. Desrespeito às leis e protocolos da área da saúde.

“A operação teve como objetivo fiscalizar os estabelecimentos que estão burlando as normatizações referentes ao coronavírus. Fizemos vistorias em estabelecimentos em diversos bairros da cidade que possuem denúncias de aglomeração, e também de situações relacionadas a alvarás e licenças para funcionamento”, explicou o coordenador operacional da AIFU, tenente Carlos Henrique Casagrande.

“A Defesa Civil tem acompanhado, tem prestado todo o apoio na fiscalização das medidas preventivas ao coronavírus desde o início da pandemia. A operação foi extremamente importante para garantir que os estabelecimentos estivessem cumprindo as legislações impostas para limitar a transmissão do vírus” disse o tenente Marcos Vidal, da Defesa Civil.

As abordagens ocorreram em três pontos da Capital, a maioria na região Norte da cidade. No primeiro local, no bairro Bacacheri, as equipes policiais e da prefeitura flagraram o estabelecimento aberto e com aglomeração de pessoas, o que infringe a normativa municipal que proíbe o funcionamento. O proprietário foi notificado e deverá apresentar a documentação pertinente para reabrir o comércio, quando for permitido.

As equipes de fiscalização da AIFU fizeram seis autuações administrativas, com 85 abordagens a pessoas, quatro autos de infração de trânsito lavrados e dois veículos recolhidos por estarem em situação irregular.

A ação contou com equipes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Guarda Municipal, da Secretaria Municipal de Trânsito, da Secretaria Municipal de Urbanismo e da Defesa Civil estadual. (Com Agência Estadual de Notícias).