Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Eike preso e Carmem Lúcia homologa delações da Odebrechet

Ao mesmo tempo em que o empresário Eike Batista era preso no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, a presidente do Sup..

Pedro Ribeiro - 30 de janeiro de 2017, 11:14

Ao mesmo tempo em que o empresário Eike Batista era preso no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, homologava as delações dos executivos e ex-executivos da empreiteira Odebrecht na Operação Lava Jato. depoimentos ainda não pode ser tornado público.A decisão de Cármen põe fim a uma série de especulações sobre a velocidade da continuidade da tramitação da Lava Jato, geradas com a morte de Teori. A presidente do STF homologou as delações uma semana após autorizar a equipe de juízes auxiliares de Teoria Zavascki a continuar as audiências necessárias para a confirmação de cada um dos 77pedro.ribeiro