Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Em meio a solidariedade, novas denúncias contra Lula

 Enquanto lideranças sindicais organizavam tropas de choque para darem apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lu..

Pedro Ribeiro - 01 de maio de 2018, 11:45

Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula
Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula

 

Enquanto lideranças sindicais organizavam tropas de choque para darem apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba, a Procuradoria Geral da República apresentava nova denúncia contra Lula ao ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato.

Segundo a procuradora Raquel Dodge, o ex-presidente foi “parte integral da organização criminosa que atuou entre 2002 2 2016”, onde há suspeitas de que a Odebrecht repassou R$ 40 milhões ao PT em troca de decisões políticas que favorecessem a empreiteira.

De acordo com a PGR, a Odebrecht teria repassado R$ 20 milhões, e a campanha também teria recebido “aproximadamente R$ 39 milhões mediante doações eleitorais oficiais provenientes especialmente da OAS e de empresas do grupo Odebrecht, todas elas posteriormente beneficiadas com esquema instituído pela organização criminosa.

“Os pagamentos foram operacionalizados por Antonio Ferreira, pelo lado da Odebrecht, e recebidos pelo tesoureiro da campanha de Lula, Delúbio Soares, sendo que parte dos valores foram repassados diretamente para Duda Mendonça, marqueteiro da campanha. (Istoé).